segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Delícias e deslizes

Quem não disse
Que todos têm
Delícias e deslizes
Desejo e desdém?

Dispenso estar sujeito
À mudança brusca
De humor e de jeito
A culpa não é minha nem sua...

Quero viver mais pra mim
Poder respirar de novo
O ar que pedi e perdi

Existo, logo me movo
Cada um sabe só de si
E não do outro.

2 comentários:

Fabrício Fortes disse...

mudanças são as únicas coisas que continuam sempre iguais.. penso, logo mudo de idéia..
mandando ver, hein
parceiro escriba de 79

BEBENDO AGUA PRA LUBRIFICAR disse...

reload
seja feliz