quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Astral legal

Com o choro árido
Eu cultivo a minha horta
Com o riso ácido
Deixo a agonia morta

Meus amigos me comentam
Que estou com astral legal
Crendo no que eles inventam
Constato que não é aquele caos.

Um comentário:

samuel punzi disse...

Gostei... Como sempre.