segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Testemunho

Eu quero ir longe
Mas com a garantia
De voltar para onde
O céu se desanuvia

Eu quero ficar perto
Mas com a hipoteca
De tudo dar certo
Até para quem defeca

Por necessidade
De cunho fisiológico
Ou por fétida vaidade
Testemunho amor no meu ódio.

Um comentário:

B.I.A.N.C.A Feijó disse...

...Testemunho amor de meu ódio...

Ainda quero ver um livro com todos esses poemas! :)

B.E.I.J.O.S