quinta-feira, 19 de março de 2009

Só pelo medo da perda

Mudei de perfume
Menos a cor do frasco
Mudei de costume
Mas não como falo

Mudei o trajeto
Exceto o combustível
Mudei o ingresso
E removi o vírus

Mudei de residência
E quem mora aqui
Mudei de vestimenta
Que nem as marcas do tempo, souvenir

Mudei, não por brincadeira,
Realizei o backup
Só pelo medo da perda
Que não mais cabe.