terça-feira, 15 de abril de 2008

Calores e incêndios

Se os meus desejos são
Irmãos dos do seu coração
Bebamos do refresco do tempo
Entre calores e incêndios

Naveguemos no que nos circunda
E não nos afunda nunca
A despeito das tempestades
E dos egos em combate

Nossa química passa por cima
Dos belicosos climas
De frases bombásticas
E ávidas pela última palavra

Nada como um armistício ao telefone
No desígnio de adormecer a noite insone
Se os meus sonhos se assemelham
Aos que lhe despertam a cabeça.

4 comentários:

Bianca Feijó disse...

...frases bombastica...

...Poema bombastico!

...esse é o Tchello Pessoa!

B.E.I.J.O.S

Caito disse...

nada como um amísticio pelo telefone, com certeza! pessoalmente corre o risco do cancelamento do cessar fogo!

Beta disse...

Rapaz....!
E você conseguiu escrever isso no trabalho?????

Adorei!!!

Beijins

4rthur disse...

ordinário, marchem!!!!