terça-feira, 10 de abril de 2012

Mais doçura e menos açúcar

Apesar da sobra
Da pressão própria dos sais
Da insônia insossa
Vou dormir e domar
A sede toda
Bebendo o mar
Como quem sonha
Com a cor do ar
O acordo da onda
Com o radar
Para que a sonda
Apure seu paladar
Por uma vida sabiamente saborosa:
Mais doçura e menos açúcar
Quiçá eu possa,
Oxalá!

Um comentário:

VerMent* disse...

Quero ultrapassar a insônia! Mais doçura e menos açúcar!